quinta-feira, 10 de julho de 2008

SILÊNCIO

Estranhamente tenho me silenciado
tanto
que comecei essa prosa
há uns 5 dias...
Agora já nem é prosa,
é quase poesia.
.
Excesso do nada.
MO-NO-TO-NI-A
de fora.
SiNCRoNia
de dentro.
Mundo lento,
Coração selvagem.
.
Mas do que eu falava
era do silêncio.
O que há para falar,
afinal?
.
S I L Ê N C I O

Um comentário:

Daniel disse...

Gostei dessa
=*